Divulgue esse artigo

500 milhas de kart: as curiosidades da prova que acontece no Kart Granja Viana!

500 milhas de kart
Atalhos para este artigo

De uma reunião informal entre amigos para festejar o final da temporada a uma competição séria, emocionante, com mais de 70 equipes em busca da vitória: conheça as curiosidades das 500 Milhas de Kart!

Em suma, as 500 Milhas de Kart é uma prova de longa duração criada em 1997, como uma confraternização de final de ano entre os melhores pilotos do Brasil.

Desde então, todos os anos a corrida reúne competidores de diversas categorias, como jovens kartistas, pilotos de campeonatos amadores e até mesmo equipes de jornalistas e outra de artistas. Por isso, as 500 Milhas de Kart é conhecida como a corrida mais democrática de longa duração do kartismo mundial.

Muito legal, não é mesmo? Então, para saber mais, confira um breve guia sobre a corrida abaixo!

Pista e estrutura

A prova acontece no Kartódromo Granja Viana, com uma área total de 45.000 m². A pista possui 1.150 m de extensão por 8 m de largura, além disso, o complexo possui infraestrutura completa para a realização de uma prova importante como essa, oferecendo:

  • 15 oficinas;
  • Boxes;
  • Mini-hospital;
  • Equipe de socorro;
  • Torre de cronometragem;
  • Restaurante e lanchonete;
  • Banheiros e vestiários;
  • Sala de imprensa;
  • 2 camarotes vips;
  • Paddock para até 300 pessoas;
  • Camarotes Box para 250 pessoas;
  • Camarotes Parque Fechado para 210 pessoas;
  • Arquibancadas para aprox. 5.000 pessoas.
500 milhas de kart

Kart e Pneus

Em síntese, são 12 horas de prova disputada entre equipes que competem em karts com motores Honda de 4 tempos preparados. As carenagens, desenvolvidas pela família Giaffone, são feitas em fibra de vidro, dessa forma, possibilitando uma alta exposição de marcas dos patrocinadores.

Todas as equipes recebem a mesma quantidade de jogos de pneus: 2 jogos e meio, ou seja, 10 pneus. Assim, seis são os compostos duros (com bordas “brancas” para identificação) e 4 compostos “moles” (identificados como vermelho).

Jogo de equipe

Na pista do Kartódromo Granja Viana, o vácuo dos karts carenados auxilia na velocidade e na economia de combustível. Ainda bem, pois esses itens são fundamentais para se dar bem na estratégia vencedora.

Nesse sentido, é comum times de 2, 3 e até 4 karts ficarem “se empurrando” ao longo das voltas. Afinal, sem este “jogo de equipe”, é quase impossível vencer no KGV.

CONFIRA TAMBÉM:
👉 Seja um Mestre dos Traçados do KGV

Quem participa?

74 equipes e mais de 400 pilotos participam da prova. As 500 milhas de Kart é aberta a qualquer piloto que tenha experiência anterior em carros de corrida ou karts.

Ainda mais, pilotos da Fórmula 1, Indy, Stock Car e diversos campeonatos conhecidos pelo público medem forças com jovens kartistas que sonham em correr no exterior e também com pilotos não profissionais, que têm o kart como um hobby.

Duração da prova

Como o nome já diz, a prova tem 500 milhas de extensão, ou seja, 806 quilômetros. Esta distância costuma ser percorrida em cerca de 12 horas – que também é o limite de duração da corrida, aliás.

Paradas obrigatórias

Normalmente, 8 paradas são necessárias, sendo que seis delas tem pelo menos cinco minutos de duração, e duas 15 minutos. Neste momento, os times também aproveitam para reabastecer o kart (no máximo 7 litros).

Onde a corrida já aconteceu?

A prova nasceu no Kartódromo Granja Viana, em São Paulo. Então, depois de 14 anos, as 500 Milhas de Kart foram transferidas para o Katódromo Beto Carrero, em Penha (SC), onde ficou por quatro anos. Logo após uma edição em Limeira, no interior de São Paulo, a prova retornou ao KGV, em 2016.

Entre 1997 e 2007, a corrida foi disputada de madrugada, com largada à meia-noite de sábado para domingo. A partir de 2008, a prova passou para o período diurno.

Dicas para vencer as 500 Milhas

Em suma, existem muitas variáveis em uma prova como esta. Dessa maneira, ter uma estratégia é fundamental, além de aderir um ritmo que não desgaste os pneus – que são fornecidos em quantidade limitada – e fazer o número mínimo de paradas.

E então, que tal correr na próxima edição da prova?

Se você gostou deste post e quer ler mais sobre o assunto, continue acompanhando nossas dicas!

Até a próxima!

Outras Dicas de Kart e Pilotagem...